domingo, agosto 02, 2015

As contas que a coligação não faz



O "saco de palavras" a que a coligação PaF (pilhar as famílias?) chamou programa, não apresenta números que justifiquem as propostas eleitorais.

A propósito do desemprego, a coligação tem o descaramento de omitir as centenas de milhares de portugueses, na maioria jovens,  forçados a emigrar, e nem o desaparecimento  de mais de duzentos mil empregos nos quatro anos deste governo merece uma palavra aos porta-vozes e comentadores do PSD e do CDS.

A privatização da Segurança Social, sibilinamente apresentada como plafonamento, é talvez o lado mais negro do programa. De facto, para uma mudança tão radical, não se deram ao trabalho de fazer uma conta para a justificar. Se a fizessem, cair-lhes-ia a máscara hipócrita com que tentam enganar os eleitores.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial