quarta-feira, dezembro 23, 2015

Anos perdidos

Começa agora a fazer-se o balanço da intervenção da troica e dos quatro anos de governo PSD / CDS. Porquê só agora? 
Primeiro, porque muitos portugueses só agora se dão conta dos logros com que a propaganda desse governo os enganou. Segundo, porque a generalidade da comunicação social,  que colaborou na armadilha  de "não haver alternativa" à política seguida por Passos, Portas e Cavaco nos últimos quatro anos, só agora começa a distanciar-se dos  que ontem apoiava.

Feito o balanço, tornou-se  óbvio que os objectivos que trouxeram a troica a Portugal não foram atingidos e a fanfarronada de "ir a além da troica" só veio agravar os estragos.

A dívida, que em 2011 não chegava a 100% do PIB, está agora nos 130%.  
A emigração aumentou exponencialmente e nem assim o desemprego baixou.
A economia estagnou, o sistema financeiro ficou irreconhecível e só à custa dos contribuintes se evitou o colapso.
O país empobreceu.

Para recuperar deste pesadelo, mudar de governo foi o primeiro passo e está para breve o afastamento do outro grande responsável pelo descalabro do país, que ainda mora em Belém.

1 Comentários:

Às 23/12/15, 09:47 , Anonymous Anónimo disse...

Bem visto ! Mas convinha que neste "balanço" não nos esquecêssemos de como tudo começou: com a aliança esquerda-direita para chumbar o PEC iv e derrubar o governo de JSócrates.


MRocha

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial