sexta-feira, fevereiro 26, 2016

Até os mercados gostaram...

"Moody's aplaude governo pela aprovação do orçamento"

O PSD de Passos Coelho, e o seu parasita de estimação CDS, esforçaram-se a desacreditar o orçamento apresentado pelo governo  do PS apoiado pelo BE, PCP e Verdes.
No parlamento Europeu, como  já vem sendo habitual, Paulo Rangel comportou-se de forma execrável, denegrindo o país e o seu governo, denotando uma falta de patriotismo inaceitável num representante da nação.
No entanto, nem uns nem outros conseguiram convencer a Comissão  Europeia, nem os mercados

Contrariamente aos vaticínios  da direita portuguesa e dos comentadores ao seu serviço que enxameiam jornais e televisões, a Moody's, uma das agências de rating que os defensores das políticas de austeridade invocam para sobrecarregar os países em  dificuldade, afinal gostou do orçamento e gostou sobretudo que tivesse sido aprovado, não se abespinhando com os votos favoráveis do BE ou do PCP, como fizeram o PSD e o CDS, manifestando enormes carências de cultura democrática.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial