domingo, abril 17, 2016

Neoliberalismo, a raiz de todos os nossos problemas

O que têm em comum a crise financeira de 2007/2008, os Panamá papers, a crescente degradação do serviço nacional de saúde e da educação, o ressurgimento da pobreza infantil, a epidémica solidão, o colapso dos ecossistemas e o fenómeno Donald Trump?

São todos resultado da ideologia do neoliberalismo. Para esta ideologia as desigualdades são virtuosas, pois o mercado encarrega-se de dar a cada um o que merece.
Para o neoliberalismo, a competição é o que define as relações humanas. Os cidadãos são consumidores que exercem a democracia comprando  e vendendo, cabendo ao mercado punir  a ineficiência e premiar o mérito.

Para o neoliberalismo, impor limites à competição é limitar a liberdade. Planeamento,  organização laboral, contratação colectiva e sindicatos são distorções do mercado que impedem a distinção entre vencedores  e perdedores.

"Não deixa de ser estranho  que uma ideologia que promete a mudança se promova com o slogan There is no alternative."

"Like communism, neoliberalism is the God that failed. But the zombie doctrine staggers on, and one of the reasons is its anonymity. Or rather, a cluster of anonymities."




3 Comentários:

Às 17/04/16, 11:53 , Blogger J. Cosme disse...

Efetivamente, para a nova doutrina imperialista, não há alternativa : é preciso levar a exploração até às suas últimas consequências para salvar o capitalismo.
Por isso, acho que, nunca como hoje, a alternativa socialista se impõe.
Quiseram enterrar Marx, mas ei-lo de volta com toda a atualidade.

 
Às 17/04/16, 21:20 , Anonymous Abraham Studebaker disse...

Quando a coisa fica preta,quem tira as castanhas do lume? Desculpem a lembrança...

 
Às 18/04/16, 06:13 , Blogger José Ferreira Marques disse...

O neoliberalismo não é de certeza, Abraham Studebaker...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial