segunda-feira, setembro 05, 2016

Cristas, a irrealista

Apetece perguntar por que razão não fez tão absurda proposta durante os quatro anos em que esteve no governo...
Nem vale a pena perguntar, porque a deriva populista da herdeira de Portas faz dela um cata-vento: Num dia defende a classe média "vitima das esquerdas unidas", no dia seguinte propõe que seja essa mesma classe a pagar o benefício dos mais ricos.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial