segunda-feira, janeiro 08, 2018

Telhados de vidro

Sobre a lei de financiamento partidário,  entretanto vetada pelo presidente da República, não me pronunciei. A lei desconheço-a em concreto, o veto, pareceu-me condicionado pela pressão da opinião pública, mas, que o mandato de Marcelo vai ser orientado pelo populismo, ninguém duvida.

O que mais me escandalizou não foi a isenção do IVA aos partidos, algo que é concedido a igrejas, IPSS, e mais alguns milhares de instituições cuja utilidade pública está longe de se poder comparar à dos partidos. 
O que de facto foi vergonhoso neste processo foi a postura do CDS. Um partido que teve a lata de receber dinheiro de Jacinto Leite Capelo Rego, deveria ter tento na língua e não vir pregar lições de moral. Quem tem telhados de vidro...


0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial