segunda-feira, junho 19, 2017

Os culpados de Pedrogão Grande

Quando ocorre um assalto ou um furto numa aldeia remota, é vulgar ouvir declarações dos habitantes locais culpando estranhos de passagem.
Pontualmente podem ter razão. Porém, nos casos que se conseguem averiguar, quase sempre se conclui que os criminosos são vizinhos ou conhecidos.
Com os incêndios florestais sucede, mutatis mutandis, o mesmo: quando não advêm de causas naturais, a origem e a sua incontrolável propagação têm muito a ver com a responsabilidade cívica que,  ao contrário de outras, é uma característica de que não nos podemos orgulhar.
A melhoria da educação escolar, não tem tido correspondência na educação cívica e é pena, porque é a evolução cívica que provoca o desenvolvimento civilizacional.
Todos lamentamos as vitimas de Pedrogao Grande, mas não podemos ficar por aqui.
Os canais televisivos que andam a vasculhar os locais do incêndio na ânsia de encontrar um culpado, são  dos principais responsáveis pelo nosso atraso cívico...

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial